Publicado em Física

O som a ser visto e ouvido

CAM00169.jpg

Numa aula de Física do curso profissional de Eletrónica e Computadores, os alunos analisam o som, batendo palmas, ouvindo o tic-tac de um relógio através de tubos estreitos e de tubos compridos e observam a diferença, ouvem a música do telemóvel que viaja através do tubo grande, registam as observações que fazem e tiram conclusões.

Com algum divertimento, mas com a necessária concentração, analisam a natureza ondulatória do som e estudam as características das ondas longitudinais, como as do som, e também as das transversais. Verificam que uma onda transporta energia, mas não transporta matéria e fazem-no com uma tina com água onde provocam uma perturbação e veem que um pedacinho de cortiça só sobe e desce, não se deslocando nas direções de propagação da onda.

Com elásticos mais esticados ou menos esticados, estudam a frequência do som que produzem ao vibrar e associam a frequência de vibração à tensão dos elásticos e relacionam com algo que alguns conhecem bem – as cordas de uma guitarra.

Com diapasões a vibrarem ao mesmo tempo, verificam zonas de interferência destrutiva e construtiva.

Estão focados nas tarefas e “veem” o som com outros olhos e outros ouvidos.

Aulas com dinâmica e em que os alunos mostram que afinal é bom aprender.

Parabéns aos alunos e professora.

Arlete Cruz

Anúncios

Autor:

Professor bibliotecário | Coordenador interconcelhio da Rede de Bibliotecas Escolares | Professor de História

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s